tecnologia no varejo tecnologia no varejo

A tecnologia no varejo e o novo comportamento do consumidor

7 minutes to read

Com a constante evolução da tecnologia no varejo, uma das maiores alterações se encontra no novo comportamento do consumidor, que vem, cada vez mais, modificando a forma como suas compras são negociadas e realizadas. A tecnologia influencia diversos setores, promovendo o aumento da produtividade, a diminuição de custos e a otimização dos resultados empresariais.

Os primeiros investimentos tecnológicos no setor do varejo se iniciaram nas operações que exigiam muito tempo dos envolvidos na empresa e contavam com uma alta taxa de erros. Os sistemas de gestão integrados já eram utilizados para reduzir os problemas, e atualmente isso tem avançado para setores estratégicos, que otimizam os negócios e ampliam a produtividade.

Preparamos este texto para que você saiba como anda a inovação na área do varejo e como está o comportamento do consumidor. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Impactos da tecnologia no varejo

A utilização de tecnologias e novos recursos que surgem a cada dia estão alterando, definitivamente, o modo como as pessoas efetuam seus negócios. Atualmente, as empresas estão bem mais próximas e mantendo um relacionamento eficiente com seus clientes, como no contato pelas redes sociais.

Assim, fica mais simples entender e identificar quais são as necessidades dos consumidores, e essa proximidade faz com que seus clientes se sintam muito mais valorizados, ampliando a possibilidade de fidelização.

As mídias sociais não são os únicos recursos que a tecnologia no varejo tem a oferecer. Hoje, um sistema de gestão integrado como o ERP e outras soluções são capazes de otimizar todo o processo de gestão, com o objetivo de aumentar a produtividade nas empresas, facilitar a administração de fornecedores e gerar resultados satisfatórios para os negócios.

Fica claro para o varejo físico tradicional que é fundamental investir na tecnologia, propiciando uma experiência digital aos seus clientes. Em paralelo a isso, uma nova geração de micro e pequenos empreendedores está aproveitando as facilidades que a inovação oferece para criar seus negócios virtuais ou conectar sua loja física à Internet.

Todo esse movimento que o mercado opera se baseia nas grandes vantagens que a tecnologia disponibiliza para o comércio de bens e mercadorias.

Reinvenção das relações do varejo com seu público por meio da tecnologia

Muitas modificações no mercado estão influenciando e alterando o comportamento do consumidor, mas não se pode negar que a tecnologia foi uma questão essencial para impulsionar essa transformação.

No passado, o cliente precisava se contentar apenas com as lojas ou os fornecedores locais. Suas opções de consumo se restringiam ao que o varejista físico disponibilizava, além de o cliente não contar com muitas ofertas de preços.

Nos dias de hoje, é possível ter acesso a milhares de lojas virtuais. Isso faz com que o cliente tenha em mãos uma grande variedade de mercadorias disponíveis, além de se beneficiar de ótimas garantias devido à ampla concorrência.

De modo geral, o consumidor atual é atingido com um acervo muito grande de conteúdo digital. Ele tem à sua disposição diversas marcas e produtos, e isso pode ser adquirido apenas com um clique.

Uma das grandes contribuições que a tecnologia disponibilizou para a mudança no comportamento do consumidor foi permitir que eles tenham mais acesso à informação. Atualmente, não é mais a propaganda ou o vendedor que influencia na visão favorável de um item: o consumidor pode saber mais sobre um produto ou serviço realizando pesquisas em sites e blogs especializados, por exemplo.

Outro ponto que merece ser ressaltado é a questão de que as redes sociais realizam o papel do antigo boca a boca, mas de maneira extremamente amplificada. A satisfação — e, muitas vezes, a insatisfação — pode chegar a uma repercussão muito alta por meio dessas mídias.

Feedbacks constantes podem otimizar ou mesmo destruir uma marca ao longo do tempo, por isso as empresas devem se adequar a essa nova realidade e oferecer não apenas produtos de boa qualidade, mas também atender corretamente os clientes conforme as práticas atuais.

Exemplos de novas tecnologias aplicadas ao varejo

Existem várias tecnologias que podem ser aplicadas ao varejo. Veja a seguir algumas delas.

Plataformas integradas

É fato que, atualmente, as pessoas se comunicam com grande facilidade por meio de smartphones, computadores, tablets etc. Assim, o varejo precisa integrar todas essas plataformas para facilitar e fazer com que suas atividades sejam mais eficientes.

Com isso, a junção de aplicativos, redes sociais e e-commerce, por exemplo, é uma excelente maneira de conquistar novos mercados e fidelizar seus clientes. Hoje em dia, para alcançar o sucesso nas vendas, é preciso entender a realidade do seu público-alvo. Aproveitar o que essas plataformas oferecem é a melhor maneira de aumentar a visibilidade do negócio e estar em constante comunicação com o seu público.

Autoatendimento

O autoatendimento ganha forças devido aos consumidores do futuro, que contam com um mindset mais adequado às variadas interfaces tecnológicas. Com esse novo perfil de consumidor, a procura por um atendimento interativo e com mais liberdade aumenta constantemente.

O autoatendimento já está se tornando uma realidade em algumas empresas. Em algumas, as pessoas podem realizar seu próprio seu checkout. Em pouco tempo, esse modelo de tecnologia vai ser amplamente difundido. O cliente vai conseguir mapear a loja, dialogar com o computador e até solucionar eventuais contratempos de uma maneira bem simples e intuitiva.

Sistema de gestão

Um dos maiores desejos de varejistas e consumidores é que haja um atendimento muito mais rápido e tecnológico. A melhor forma de garantir que isso aconteça é que as operações essenciais das empresas sejam automatizadas com o uso de um bom sistema de gestão. Ele oferece diversas vantagens aos negócios. Confira algumas a seguir.

Redução de erros

Os funcionários dificilmente cometerão erros operacionais com o uso de um bom sistema. Além disso, é possível simplificar a identificação e a correção dos que acontecerem.

Produtividade

Um sistema de gestão evita retrabalhos e perda de tempo da sua equipe de funcionários. Quando se utiliza esse tipo de solução, todas as notas são processadas de forma automática, por exemplo, exigindo apenas um clique.

Segurança das informações

Você pode definir perfis de usuários e limitar o acesso em determinados setores da empresa.

Controle de estoque

É difícil realizar o controle de estoque sem contar com o uso da tecnologia, principalmente no ramo do varejo alimentício. Com uma solução integrada, todas as suas vendas são registradas e as informações dessas transações ficam registradas para o devido controle do gestor em um único sistema.

A tecnologia no varejo é uma realidade e deve ser adotada pelas empresas que desejam se desenvolver e se tornar competitivas no mercado. O consumidor está cada vez mais exigente e você deve acompanhar essas mudanças, adotando soluções que otimizam as operações do seu comércio varejista.

Gostou deste conteúdo? Assine a nossa newsletter e receba outros posts com dicas importantes diretamente na sua caxa de emails!

Posts relacionados

2 thoughts on “A tecnologia no varejo e o novo comportamento do consumidor

Deixe um comentário