funcionalidades ERP funcionalidades ERP

Quais são as principais funcionalidades de um ERP?

6 minutes to read

Quando falamos de sistemas de gestão, um dos grandes desafios é encontrar as funcionalidades ERP que são mais adequadas às suas demandas. Isso é fundamental para reduzir os riscos de o investimento dar errado e você ter prejuízos.

Além disso, saber quais são os principais recursos facilita a integração do sistema ao seu dia a dia: cada recurso será melhor aproveitado pelos profissionais, assim como as medidas de configuração e implementação.

Para ajudar você a entender melhor como cada funcionalidade do ERP pode ser aproveitada no dia a dia, preparamos este post. Continue a leitura e veja como os recursos de um ERP impactam a sua rotina!

O que é um ERP?

O sistema de gestão integrada é uma aplicação que centraliza os dados corporativos de uma empresa. Ele é estruturado para auxiliar a automatização de rotinas administrativas e o compartilhamento de dados. Desse modo, a empresa pode reduzir custos e melhorar a sua performance.

Por que empresas investem em um ERP?

O investimento em um sistema de gestão integrada pode ser feito por vários motivos. O principal é o impacto que as funcionalidades do ERP trazem para a empresa. Juntos, eles contribuem para tornar o negócio mais eficiente, competitivo e inovador.

Entre as formas como isso ocorre, podemos apontar:

  • aumento da integração entre as equipes internas;
  • possibilidade de ampliar a troca de dados entre aplicativos;
  • redução dos erros corporativos;
  • aumento da inovação com a maior troca de dados;
  • tomada de decisões mais ágeis;
  • mais flexibilidade operacional;
  • possibilidade de acessar dados em um único lugar;
  • aumento do nível de digitalização das rotinas;
  • melhora nos índices de segurança e privacidade da empresa.

Em outras palavras, as funcionalidades do ERP facilitam a criação de um fluxo de trabalho mais produtivo, ágil e econômico. Os times poderão aproveitar melhor os seus recursos e utilizar informações a favor da empresa. Ou seja, os serviços terão maior valor agregado, tornando a companhia mais competitiva em médio e longo prazo.

Que funcionalidades um bom software ERP deve ter?

Como apontamos, as funcionalidades do ERP são capazes de auxiliar o negócio a ser mais eficiente e competitivo. Confira, em detalhes, como cada uma é estruturada e como elas atuam no dia a dia do seu negócio!

Emissão automática de boletos

Um dos problemas que podem afetar qualquer negócio são os pagamentos atrasados. Por isso, é importante ter meios para evitar que isso aconteça. É o caso da emissão automatizada de boletos.

Essa funcionalidade do ERP evita atrasos nos pagamentos. Assim, a empresa pode manter um fluxo de pagamentos contínuo. Esse fator é fundamental para otimizar o planejamento de médio e longo prazo, capaz de dar a segurança necessária para que o negócio tome decisões maiores.

Geração de notas fiscais eletrônicas

Notas fiscais são documentos de emissão obrigatória. Eles auxiliam o negócio a manter maior controle sobre as suas vendas. Além disso, evitam que a companhia tenha problemas para pagar tributos e outras obrigações fiscais.

O ERP pode fazer a emissão de NFe automaticamente. Assim que uma venda é registrada, ele consegue levantar os dados do comprador e os tributos necessários. Ao mesmo tempo, pode emitir o boleto de pagamento, reduzindo prazos e melhorando a experiência de compra.

Integração com lojas virtuais

O ERP pode ser integrado a várias ferramentas. Uma delas é o sistema de gestão de lojas virtuais. Incorporado ao sistema de gestão, ele conseguirá otimizar várias etapas da rotina de vendas.

Além dos recursos levantados anteriormente, como a emissão de boletos e de notas fiscais, ele também pode ser utilizado para outros fins. Após a realização de vendas, por exemplo, o ERP consegue efetuar o lançamento das atualizações em bancos de dados como os da área de estoque e logística. Isso reduz os prazos em todas as áreas, evita gargalos e dá mais competitividade para a empresa.

Controle mais preciso do estoque

O controle de estoque é muito importante para o negócio. Quando bem-feito, ele contribui para reduzir gastos, evitar prejuízos com o mal uso de suprimentos e evitar atrasos na área de logística. Por isso, é importante ter uma solução capaz de entregar um fluxo de trabalho sem gargalos, automatizado e pautado por alto nível de integração.

O ERP pode ser a solução utilizada com esse objetivo. Ele consegue unificar o ambiente em que os dados do estoque de produtos é armazenado. Desse modo, a equipe pode sempre saber quais mercadorias devem ser enviadas para os clientes, que suprimentos devem ser repostos e o que deve ser adquirido para preparar o negócio para novas temporadas de vendas.

Geração de relatórios corporativos

Os relatórios corporativos são essenciais para as tomadas de decisões. São eles os responsáveis por auxiliar gestores a identificar o que deve ser feito e a melhor decisão a ser tomada. Além disso, tornam mais ágil a identificação de problemas.

Como uma das funcionalidades do ERP é centralizar os dados, ele consegue tornar os relatórios muito mais eficazes. Os responsáveis pelas tomadas de decisões da empresa sempre terão relatórios com registros precisos e atualizados. Desse modo, as decisões sobre novos investimentos, a otimização de rotinas e o planejamento de médio e longo prazo serão feitos com uma visão mais abrangente e estratégica.

O investimento em novas tecnologias tem ajudado empresas em vários cenários. Em logística, ela automatiza rotinas e evita atrasos. Na análise de mercado, ela pode antecipar tendências e otimizar o planejamento das companhias.

Os sistemas de gestão integrada contribuem para a melhoria contínua dos processos de gestão interna. Os dados se tornam mais centralizados e precisos e, desse modo, decisões podem ser tomadas com mais cuidado e qualidade.

Não existe um ERP perfeito para todos os negócios, mas um bom planejamento e o apoio especializado pode ajudar na busca por uma solução adequada. Por isso, ao investir em um sistema de gestão integrada, a empresa deve estar preparada para integrar as funcionalidades do ERP de um modo inteligente à sua infraestrutura. Desse modo, os times poderão aproveitar melhor os recursos da ferramenta e atrair um maior retorno sobre o investimento.

Quer saber mais sobre como escolher o melhor ERP para a sua empresa? Então conheça a nossa plataforma!

Posts relacionados