ERP e CRM ERP e CRM

ERP e CRM: como a integração dessas soluções pode ajudar a sua empresa?

8 minutes to read

Toda empresa sabe que investir em tecnologia pode ser uma boa ideia. Mas se as soluções forem configuradas para trabalhar lado a lado, os ganhos desse tipo de investimento podem ser maximizado. A integração de ERP e CRM, por exemplo, traz mais agilidade, eficiência e inovação para o dia a dia de qualquer companhia.

Quando temos o ERP e o CRM de modo integrado, ele pode evitar gargalos de produção e erros operacionais. Também será mais fácil aumentar a produtividade das equipes, evitando que os times entreguem demandas fora do prazo. Isso agregará valor aos serviços e produtos do negócio, ou seja, o tornará mais competitivo.

Quer saber como essa integração pode trazer benefícios para a sua empresa? Continue a leitura e confira!

O que é um ERP?

Também chamado de Sistema de Gestão Integrada, o ERP (sigla para Enterprise Resource Planning) é uma ferramenta de gestão que pode ser utilizada no ambiente corporativo. Ele centraliza dados corporativos de todas as áreas administrativas da empresa. Além disso, integrado a outras aplicações, pode realizar o envio e recebimento automatizado de informações relevantes, otimizando o fluxo de trabalho.

Geralmente, o ERP é usado para digitalizar informações corporativas e tornar o dia a dia da empresa mais simples. Utilizado em vários ambientes administrativos, esse sistema permite ao gestor automatizar atividades e garantir performance adequada a todos. Afinal, os dados ficam acessíveis em um único lugar, reduzindo prazos e o tempo necessário para executar algo.

O que é um CRM?

O CRM é o principal software utilizado por empresas que pretendem otimizar as suas rotinas e políticas de atendimento ao cliente. Sigla para Customer Relationship Management (ou Gerenciamento de Relacionamento com o Consumidor, em tradução livre), o CRM é um software que centraliza os dados e o histórico de relacionamento de um consumidor com uma marca. Dessa forma, os processos podem ser feito de modo flexível e personalizado com mais facilidade.

Em outras palavras, esse software reúne todos os dados do público-alvo da empresa após ele entrar em contato com a marca. Utilizado em processos de atendimento, suporte, pós-vendas e planejamento estratégico, ele proporciona aos profissionais mais conhecimento sobre o perfil do público-alvo do negócio. Isso permite uma melhor formulação de rotinas, assim como a criação de uma experiência muito mais atraente e capaz de fidelizar pessoas.

Quais são as principais funcionalidades de cada solução?

Para entender melhor os impactos que o investimento em ERP e CRM podem trazer para uma empresa, é importante saber as funcionalidades que essas aplicações têm. Assim, você pode melhorar os investimentos nas duas aplicações, além de garantir que a sua integração seja capaz de atrair melhores resultados. Entenda como as funcionalidades de um ERP e de um CRM impactam a sua empresa!

Principais funcionalidades e usos do CRM

O CRM é integrado a todas as rotinas de relacionamento com o consumidor de uma. Veja, a seguir, como cada funcionalidade contribui para que o seu dia a dia a seja mais produtivo!

Armazenar dados dos clientes

Esse é o principal motivo para uma empresa utilizar um CRM. Ao unificar o ambiente em que os dados são salvos, o acesso a eles se torna mais ágil e preciso. Assim, os profissionais da área podem estruturar a melhor abordagem para lidar com as demandas de cada cliente rapidamente, garantindo que o atendimento seja uma boa experiência.

Realizar projeções de vendas

Ao ter dados mais robustos sobre como cada cliente se relaciona com o negócio, projeções de venda passam a ser estruturadas com mais qualidade. Isso facilita o posicionamento da marca e o aumento das receitas. Afinal, as estratégias de marketing e a oferta de produtos terão um direcionamento mais alinhado com o perfil do público-alvo da companhia.

Automatizar cobranças

Ter cobranças automatizadas é fundamental para gerar um fluxo de receitas contínuo para o negócio. O CRM pode automatizar esse processo com alguns cliques. Dessa maneira, a empresa conseguirá fazer um planejamento com mais segurança e menos risco.

Avaliar pagamentos em atraso

Por melhores que sejam as ofertas da empresa e dos seus serviços, clientes podem atrasar os seus pagamentos. Nessas horas, ter um meio de identificar quem está em atraso é fundamental. O CRM ajuda nessa tarefa, além de facilitar a busca por um plano de ação que se adapte às necessidades de todos.

Principais funcionalidades do ERP

O ERP tem uma abrangência de ação que passa por todas as rotinas administrativas do negócio. Veja, a seguir, como as suas funcionalidades influenciam a melhoria dos processos internos!

Integração dos setores administrativos

Esse é um dos melhores motivos para se investir em um ERP. Como ele centraliza todos os dados das áreas administrativas em um único lugar, a empresa pode manter o fluxo de trabalho dos setores unificados. Os resultados disso são menos conflitos, mais troca de dados, aumento de inovação e redução de erros em médio e longo prazo.

Centralização de dados corporativos

A centralização de dados corporativos torna as atividades mais ágeis e seguras. Os profissionais tomarão decisões com a garantia de que o registro utilizado está atualizado. Além disso, a empresa gastará menos tempo modificando as suas rotinas para se apoiar em mecanismos de análise de dados, como o Big Data e o BI, para tomar decisões.

Emissão de relatórios

Os relatórios são uma peça fundamental do processo de tomada de decisão. Eles permitem que o gestor avalie rapidamente o estado do negócio e escolha o melhor caminho a ser tomado. Com o ERP, é possível centralizar os dados, organizá-los em poucos segundos e criar relatórios abrangentes e capazes de orientar todas as equipes.

Acompanhamento de indicadores

Acompanhar indicadores é um ponto-chave para quem trabalha com gestão. Afinal, isso permite ao negócio evitar que erros se perpetuem e garantir alta performance. No ERP, esse trabalho pode ser feito em tempo real e com alta precisão.

Como o CRM pode ser integrado ao ERP?

A integração entre ERP e CRM pode ser feita de várias formas. Entre as mais comuns, podemos apontar os seguintes.

Centralização das rotinas de gestão

Combinados, os dois sistemas ampliam a troca de dados entre os setores e diminuem os ambientes em que eles podem ser acessados, tornando os processos de consulta a dados mais centralizados, ágeis e precisos.

Controle do andamento de processos

O gestor gastará menos tempo para verificar o estado das rotinas internas e em que equipes há a necessidade de melhorias, garantindo que erros causem um impacto menor e que a empresa tenha um nível contínuo de performance.

Emissão de relatórios mais abrangentes

Os relatórios poderão ser estruturados reunindo um número maior de informações e auxiliando a empresa a tomar decisões muito mais inteligentes.

Padronização das informações

Os dados de diferentes setores poderão seguir o mesmo padrão, auxiliando a empresa a realizar rotinas de análise de informações, otimizar o ambiente de trabalho e tomar decisões.

Como a integração pode tornar a empresa mais eficiente?

A integração do ERP ao CRM, como foi mencionado, pode ser feita em várias partes da empresa. Juntas, essas aplicações conseguem gerar um grande aumento de competitividade para o negócio. Apoiadas em boas APIs (Application Programming Interface), elas trocam dados continuamente para facilitar a execução de rotinas internas e externas, gerando ganhos como:

  • diminuição da necessidade do uso de diferentes plataformas de gerenciamento de rotinas;
  • simplificação do trabalho do time de TI, evitando que falhas na área ocorram;
  • redução dos custos com o investimento em tecnologia e na manutenção da infraestrutura;
  • maior segurança sobre os dados da empresa;
  • facilidade para manter times integrados e em alta performance;
  • aumento do uso da análise de dados nos processos internos, gerando ganhos de produtividade e performance.

Investir em tecnologia é algo estratégico em muitos setores. Boas soluções de TI podem ampliar o nível de inovação, evitar erros e manter times unificados. Ao mesmo tempo, conseguem aumentar o valor dos dados disponíveis e permitir à companhia manter um melhor posicionamento na sua área.

Todos esses ganhos são possíveis quando a empresa faz um investimento bem planejado, capaz de integrar as soluções corretamente. O gestor de TI deve formular uma estratégia de investimentos que seja voltada para as demandas internas. Além disso, ela precisa preparar a companhia para o futuro, reduzindo as chances de o negócio ficar atrás da concorrência.

Nesse contexto, ao utilizar sistemas de gestão, a integração de ERP e CRM deve sempre ser considerada. Ela auxilia times a trabalharem com maior foco em resultados e menor risco operacional. Assim, o negócio terá mais habilidades para atender demandas externas, otimizar o seu fluxo de trabalho e garantir uma alta performance de modo contínuo para todos os times.

Quer saber como o apoio de um especialista pode ajudar você a formular uma estratégia inovadora de integração entre ERP e CRM? Basta entrar em contato com a gente!

Posts relacionados

2 thoughts on “ERP e CRM: como a integração dessas soluções pode ajudar a sua empresa?

Deixe um comentário