seleção de fornecedores seleção de fornecedores

Como fazer uma boa seleção de fornecedores? 7 pontos para avaliar

6 minutes to read

Fazer uma seleção de fornecedores eficaz é essencial para garantir a qualidade do produto ou do serviço contratado, além de um atendimento que atenda às suas necessidades.

Há alguns pontos que devem ser considerados no momento de selecionar os parceiros da sua empresa, especialmente na área de software e tecnologia. Entre eles estão fazer uma pesquisa de mercado, verificar a capacidade produtiva e os canais disponíveis para atendimento.

Na dúvida sobre como fazer uma boa seleção de fornecedores para sua empresa e garantir sua inserção nesse momento de transformação digital? Veja 7 pontos para avaliar e acertar na escolha!

1. Pesquisa de mercado

Um dos principais pontos a serem considerados na seleção de fornecedores é a pesquisa de mercado. Nesse sentido, evite contratar o parceiro que apresentou a primeira proposta ou apenas o melhor preço.

Analisar alternativas diversas e optar pela que atende melhor às necessidades da sua empresa em pontos como custo, funcionalidades do produto e atendimento prestado faz toda a diferença no resultado.

Na sua pesquisa de mercado, busque o máximo de informações que for possível sobre os potenciais parceiros. Privilegie fornecedores que, além de oferecerem um bom produto, estejam alinhados ao seu negócio em termos de missão, visão e valores.

2. Capacidade produtiva

Selecionar os melhores fornecedores passa por se certificar de que a capacidade produtiva do parceiro atende ao que o negócio precisa. Optar por uma empresa menor pode significar melhor custo-benefício financeiro, mas não adianta nada se o fornecedor constantemente não puder atender às demandas da sua empresa, comprometendo prazos e receitas.

Com isso em mente, garanta que seus parceiros oferecem a estrutura necessária para atender ao que seu negócio precisa e não deixem de colocar no contrato informações importantes nesse sentido, como prazo para atendimento no caso da abertura de um chamado sobre determinado problema.

3. Canais de atendimento

Ainda dentro do campo do atendimento, outro fator relevante na seleção de fornecedores envolve os canais que ele disponibiliza aos clientes. O ideal é que o parceiro ofereça diversas opções para contato, como telefone, aplicativo de mensagens e e-mail.

Dessa forma, há a garantia de que a empresa será atendida rapidamente não só antes de comprar o produto ou serviço, mas em casos de problema com a solução oferecida pelo parceiro.

Avalie, ainda, se há uma equipe dedicada ao atendimento da sua empresa ou se o time é compartilhado com outros clientes. O ideal é ter pelo menos um ponto fixo de contato para um atendimento mais rápido e personalizado.

4. Suporte e flexibilidade

Uma boa seleção de fornecedores, principalmente em tecnologia, precisa avaliar também o suporte prestado e a flexibilidade do parceiro. Nessa área, problemas não têm dia nem hora para acontecer.

É importante que o fornecedor esteja apto a prestar o suporte necessário e seja flexível para atender a questões que surgirem, mesmo que não tenham sido previstas inicialmente.

5. Custo-benefício

Selecionar um fornecedor pelo preço não é recomendado, afinal, nem sempre a empresa que apresenta o valor mais baixo em uma cotação oferece a melhor solução para as necessidades da sua empresa e/ou presta o serviço que ela precisa.

O custo é fator que não pode deixar de ser considerado no processo de escolha de possíveis parceiros. O critério tem influência direta na competitividade do negócio, impactando em pontos como o fluxo de caixa.

O ideal é avaliar, em vez do preço, o custo-benefício de cada potencial fornecedor. Além do valor final cobrado, avalie certos custos indiretos, como possíveis taxas por abertura de chamado e cobranças extras.

6. Produtos e serviços oferecidos

Pode parecer óbvio, mas muitos gestores se preocupam tanto com fatores como preço que não dão tanta atenção aos produtos e serviços oferecidos pelos fornecedores, deixando de verificar se são realmente os mais adequados às necessidades do seu negócio.

De nada adianta selecionar soluções e parceiros que não atendem ao que a sua empresa mais precisa no momento. Nesse sentido, avalie as funcionalidades da solução oferecida e reflita se ela pode apoiar o seu negócio a otimizar processos e resolver problemas recorrentes.

Além da adequação às necessidades da sua empresa, é importante analisar a qualidade do produto e do serviço como um todo, sem pular a etapa de seleção de softwares.

Garanta que seus parceiros estejam alinhados às tendências do mercado e disponibilizem o que há de mais relevante na área de tecnologia no momento. Dessa forma, você garante que sua empresa não está usando uma solução defasada.

7. Avaliação dos clientes

Para selecionar bons fornecedores, é preciso garantir que os parceiros tenham boa reputação no mercado. Uma das melhores formas de fazer isso, é analisar a opinião dos seus clientes em relação ao produto oferecido e ao serviço prestado. Busque cases de sucesso da empresa e possíveis prêmios.

É importante, ainda, garantir que seus parceiros sigam as boas práticas de mercado, atuando corretamente com seus funcionários, além de apresentarem saúde financeira sólida.

Garantir a confiabilidade dos seus fornecedores evita possíveis questões no futuro que podem afetar a parceria, como perda da capacidade produtiva ou promessas de entrega que não são cumpridas.

A seleção de fornecedores é uma etapa importante para o sucesso de qualquer negócio. A escolha dos melhores parceiros, principalmente na área de tecnologia, assegura que o seu negócio terá acesso não só a uma boa solução tecnológica, mas a um serviço e a um atendimento de boa qualidade.

Para ter certeza de que você fez a melhor escolha, pesquise se o seu possível parceiro tem reputação sólida no mercado, se atua de acordo com a cultura e com os valores da sua empresa, e se conta com uma solução que atenda às suas necessidades.

Verifique, ainda, o custo-benefício e o atendimento prestado pelo fornecedor. Dessa forma, você garante um portfólio sólido de parceiros, o que tem influência direta no desempenho e nos resultados da sua empresa.

Conseguiu entender como fazer uma boa seleção de fornecedores? Então, não deixe de seguir a Technology Evaluation Centers nas redes sociais para ter acesso a outros conteúdos como este em primeira mão! Estamos no Facebook, Twitter e LinkedIn.

Posts relacionados

One thought on “Como fazer uma boa seleção de fornecedores? 7 pontos para avaliar

Deixe um comentário